Comissão de Defesa dos Direitos das Mulheres discute violência doméstica em 13ª reunião

Foi realizada na noite desta quinta-feira (28/06), no plenário da Câmara Municipal de Vila Velha, a 13ª reunião da Comissão de Defesa e Promoção dos Direitos das Mulheres. O encontro, coordenado pela vereadora e presidente do grupo, Dona Arlete (PSL), levantou questões importantes sobre a violência contra a mulher e colocou em pauta, ainda, assuntos referentes à violência doméstica contra crianças e adolescentes.

“Temos aqui mulheres guerreiras, que estão na luta para que nós possamos nos unir e trazer melhorias para o nosso município. Agradeço de coração, pela presença de todas vocês na noite de hoje. É muito gratificante estar aqui para compartilhar experiências e discutir temas tão relevantes”, destacou a vereadora Dona Arlete.

Quem também se manifestou no começo da noite foi a vereadora Patrícia Crizanto (PMB), que é membro da Comissão. “Eu gostaria de agradecer a todas vocês, pela presença, e parabenizar mais uma vez a vereadora Dona Arlete, pelo trabalho que vem desempenhando não somente no mandato, mas também na Comissão, que está em boas mãos. A senhora tem uma história de vida muito bonita, pois além de ser mãe, avó e bisavó, é uma mulher guerreira, que tem nos ensinado muito”, elogiou a parlamentar, que também é vice-presidente do Legislativo canela-verde.

Uma das participantes da noite foi a conselheira tutelar Rejane Coldona, que deu um depoimento emocionante no plenário, ao contar sua história de superação. “Fui violentada algumas vezes na minha adolescência e como naquela época não tínhamos um Conselho Tutelar para buscar ajuda, acabei me enveredando pelo mundo das drogas. Felizmente consegui sair daquela situação e hoje trabalho para combater esse problema que afeta não só as mulheres, como também os seus filhos e filhas, que acabam vivendo em um lar violento”, destacou.

Outra convidada que se manifestou durante o encontro foi Rozilda Rodrigues, que falou um pouco sobre a dependência financeira que muitas mulheres têm de seus respectivos companheiros. “Por ter atuado durante 13 anos no mercado financeiro, eu gosto muito de trabalhar essa questão da economia financeira dentro do lar, da qual muitas de nós somos e nos tornamos vítimas, devido à falta de orientação sobre o asasmisunto. Por isso que é importante nos reunirmos aqui, para tratar de questões como essas. Somos guerreiras de longa data e por sermos incansáveis, estamos vendo as coisas acontecerem”, finalizou Rozilda.

* Com informações de Yasmin Vilhena/Assessoria/Gabinete/Vereadora Dona Arlete

Departamento de Comunicação
Câmara Municipal de Vila Velha 
Editor Chefe: Claudio Figueiredo
Jornalista: Kárita Iana
Imagens/vídeo: Eder Denadai
Fotos: Léo Victor
Tel.: (27) 3349-3252

comunicacao@vilavelha.es.leg.br