Segunda fase do projeto “Ouvidoria Itinerante” é apresentada ao plenário

A Ouvidoria Itinerante da Prefeitura de Vila Velha, que começou a funcionar em outubro do ano passado, prestando atendimentos à população, conseguiu atingir a meta de 100% de cobertura nos bairros da cidade, neste mês de março, quando a primeira fase do projeto foi concluída. E a partir de agora, durante a segunda fase, a equipe itinerante vai permanecer durante uma semana em cada bairro, para registrar todos os tipos de demandas, desde as reclamações até as solicitações de obras e serviços.

As informações sobre a Ouvidoria Itinerante foram divulgadas durante a sessão desta segunda-feira (19/03), na Câmara de Vila Velha, pelo ouvidor municipal Alexandre Salgado e pelo secretário de Controle e Transparência da PMVV (Semcont), André Almeida. Ambos foram convidados pelo vereador Anadelso Pereira (PSDC) para participarem de uma “Tribuna Livre” no Legislativo, com o objetivo de prestarem contas sobre a execução e o funcionamento da Ouvidoria, na cidade.

 

Na abertura da Tribuna Livre – evento que foi conduzido pelo vereador Anadelso Pereira – o ouvidor Alexandre Salgado fez um resumo sobre o trabalho desenvolvido por sua equipe, desde o início da atual Administração, quando foram implementados os serviços de atendimento à população pelo telefone 162 e pelo canal online da Ouvidoria Municipal, no site institucional da Prefeitura de Vila Velha. Segundo Alexandre Salgado, esses serviços impulsionaram a participação popular no trabalho da Ouvidoria e agilizaram o recebimento, a apuração e as respostas da PMVV para as demandas apresentadas pelos munícipes, seja pelo telefone, seja pela internet.

Salgado dividiu sua apresentação aos vereadores em duas partes, sendo a primeira, sobre a Ouvidoria Itinerante, e a segunda, sobre o funcionamento do serviço de atendimento à população, que foi tema da explanação do controlador André Almeida.

Ao iniciar sua apresentação, o ouvidor municipal Alexandre Salgado exibiu um vídeo no telão do plenário, em que vários líderes comunitários manifestam apoio ao serviço itinerante e ressaltam a importância de a PMVV levar o atendimento da Ouvidoria até os bairros, para aumentar a aproximação entre o órgão e as comunidades. ”Com a implantação do telefone 162 e do nosso canal online, aumentamos o número de atendimentos mensais de forma expressiva. Passamos de 1.000 para 5.000 atendimentos por mês, em média, e nossa taxa de resposta chegou a 80%, um desempenho bem superior à média nacional”, comemorou.

E ele continuou: “Já nesta segunda etapa, a equipe da Ouvidoria Itinerante vai oferecer o serviço de atendimento aos cidadãos em horários alternativos, incluindo também o turno da noite. Vamos ficar uma semana em cada comunidade, percorrendo e visitando suas principais ruas, avenidas, praças, unidades de saúde e feiras livres. Isso será de elevada importância, até porque durante a primeira fase do trabalho itinerante, verificamos que muitos moradores da cidade desconheciam nosso serviço, que é considerado fundamental para ajudar a população a ter maior consciência dos seus direitos e deveres na sociedade”, pontuou o ouvidor Alexandre Salgado, que fez questão de apresentar aos vereadores os principais membros de sua equipe, que também estiveram prestigiando a Tribuna Livre da Câmara de Vila Velha.

RELATÓRIOS

 

De acordo com o relatório da Ouvidoria Municipal, disponibilizado no Portal da PMVV na internet, os serviços públicos mais solicitados pela população canela-verde são: troca de lâmpadas e manutenção da rede de iluminação pública; fiscalização do Disque Silêncio; informações sobre órgãos públicos e serviços municipais; desentupimentos de esgoto; operação tapa buracos; poda de árvores; limpeza (capina e varrição) de vias públicas; e fiscalização de obras. Já as secretarias municipais mais demandas  pela população, por meio da Ouvidoria, são: SEMIPRO (Obras e Projetos), SEMDESU (Desenvolvimento Urbano), SEMSU (Serviços Urbanos), SEMSA (Saúde) e SEMPREV (Prevenção à Violência e Trânsito).

 

Confira os relatórios de atendimento da Ouvidoria acessando o seguinte link: https://sistemas.vilavelha.es.gov.br/ouvidoria/Relatorios.aspx

  


Depois da apresentação do ouvidor municipal Alexandre Salgado, o controlador geral da PMVV, André Almeida, também fez uma breve explanação aos vereadores da Câmara de Vila Velha, na Tribuna Livre realizada na sessão desta segunda-feira (19), para informar mais detalhes acerca do trabalho da Ouvidoria. Segundo ele, a prioridade agora é ampliar o atendimento itinerante e permanecer mais tempo em cada bairro da cidade:

“A criação da Ouvidoria Itinerante foi uma iniciativa necessária, cuja importância nós identificamos por meio dos atendimentos telefônicos que realizamos nos primeiros meses do ano passado. Percebemos que moradores dos bairros de classes média e alta – que são bem informados, que possuem mais escolaridade e maior renda familiar – eram os que mais acionavam a Ouvidoria pelo telefone 162. Daí surgiu a necessidade de estimularmos a participação das comunidades menos privilegiadas, levando o serviço diretamente até seus moradores. E agora, esse atendimento ‘in loco’ será ampliado, de forma a valorizar o trabalho das lideranças comunitárias e atender às principais demandas da população, como já temos feito com grande sucesso”, explicou.

Assista o vídeo abaixo e confira, na íntegra, as apresentações do ouvidor Alexandre Salgado e do controlador André Almeida, na Tribuna Livre da CMVV:

 

Departamento de Comunicação
Câmara Municipal de Vila Velha 
Editor Chefe: Claudio Figueiredo
Jornalista: Kárita Iana
Imagens/vídeo: Eder Denadai
Fotos: Gilberto Ribeiro
Tel.: (27) 3349-3252
comunicacao@vilavelha.es.leg.br