Vereadores manifestam apoio à Economia Solidária em Vila Velha

Ao final da Tribuna Livre da Câmara de Vila Velha, promovida nesta quarta-feira (04/10), por iniciativa do vereador PM Chico Siqueira (PHS), os parlamentares do município manifestaram apoio ao trabalho realizado pela coordenadora de Economia Solidária da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Paula Murad. Todos foram unânimes em ressaltar a importância desta atividade para a população de baixa renda da cidade, especialmente para os moradores da Região 5, que vivem em  comunidades de pouca infraestrutura e que estão mais expostos ao risco de vulnerabilidade social. Confira as declarações dos vereadores:

PM Chico – “Quando assumi o mandato de vereador, uma de minhas maiores preocupações foi com a geração de trabalho e renda em Vila Velha. Por isso, venho acompanhando de perto a atuação da coordenadora de Economia Solidária da PMVV, Paula Murad, e tenho contribuído com a busca de espaços para a exposição e comercialização das peças produzidas pelos nossos artesãos. Faço isso pensando, também, no turismo, pois quem visita Vila Velha não tem um local onde possa ir para comprar nosso artesanato e nem para conhecer este trabalho. Então, estamos nessa luta para fortalecer a Economia Solidária, a geração de emprego e renda, e as atividades ligadas ao turismo em nosso município. E este esforço requer a participação de todos os vereadores desta Casa”.

Patrícia Crizanto – “Primeiramente, quero parabenizar o colega PM Chico Siqueira, proponente desta Tribuna Livre, e dizer que esta Casa respeita muito o trabalho de Paula Murad, em favor da Economia Solidária e do desenvolvimento de atividades econômicas nas regiões mais carentes de infraestrutura em Vila Velha. Também quero agradecer a presença do Sr. Joãozinho, do Banco Verde Vida, e parabenizá-lo pelo trabalho que ele e sua equipe vêm fazendo no Grande Aribiri, ao longo dos anos, para estimular a reciclagem de materiais, para ajudar famílias de baixa renda e para preservar o meio ambiente em nossa cidade. A importância deste trabalho social e ambiental, promovido com o uso da ‘Moeda Verde’, já obteve reconhecimento em todo o país e, inclusive, já recebeu prêmio internacional. Por isso, a Economia Solidária pode contar com todo o nosso apoio”.

Heliosandro Mattos – “Também quero parabenizar o colega vereador PM Chico, por esta Tribuna Livre, e dizer que a autoestima do povo brasileiro nunca esteve tão baixa, especialmente em relação aos cidadãos de pouca escolaridade, que têm mais dificuldade de ingressar no mercado formal de trabalho. E além de gerar problemas sociais, a falta de trabalho também causa doenças na população –como depressão, dependência química e alcoolismo – que também estão ligadas ao aumento da violência e da criminalidade. Então, podemos afirmar que o trabalho é a melhor terapia, pois confere dignidade às pessoas e a chance de realizarem seus sonhos. Também sou um pequeno empreendedor e sei o quanto as classes produtivas vêm sofrendo no Brasil, e em Vila Velha, devido ao peso dos impostos que pagamos e às enormes falhas de um péssimo sócio que todos os empreendedores são obrigados a aturar, chamado Estado Brasileiro”.

Tia Nilma – “Quero dizer que este trabalho da Economia Solidária em Vila Velha é belíssimo. Quando a gente se dedica à esta causa, ajudando a gerar emprego e renda para os menos favorecidos, isso nos engrandece como seres humanos.  Digo isso porque também sou uma militante comunitária e social e sempre trabalhei acolhendo pessoas em situação de rua, vivendo em estado de abandono e sem nenhuma perspectiva de futuro. Então, conheço de perto a realidade das famílias carentes do município e sei o quanto elas precisam das atividades promovidas e incentivadas pelos projetos de Economia Solidária. E quero dizer ao Sr. Joãozinho – este homem de fé, guerreiro e de grande espírito público – que este chamado, de Deus, não é para qualquer um. É só para quem tem a capacidade de amar o próximo, para quem acredita no poder da solidariedade e para quem ainda tem esperança no ser humano. Parabéns a todos vocês que se dedicam à esta importante causa e participam deste lindo projeto”.

Ricardo Chiabai – “Também faço questão de parabenizar a iniciativa do vereador PM Chico Siqueira e o trabalho feito por Paula Murad e pelos beneméritos que se dedicam à Economia Solidária em Vila Velha. Mas quero chamar a atenção para um assunto que tem relação direta com esta atividade: a coleta seletiva de lixo. Os resíduos recicláveis, provenientes da coleta seletiva, são a principal matéria prima deste setor. Em 2010, quando fui secretário de Serviços Urbanos da PMVV, tive a oportunidade de implementar um projeto piloto de coleta seletiva na cidade, que infelizmente não avançou nas administrações seguintes. Já se passaram quase oito anos e até agora nada foi feito, pelo município, para atender às diretrizes do Plano Nacional e à legislação federal que dispõe sobre este serviço. Vila Velha precisa investir neste serviço. Já passou da hora de o prefeito Max Filho tomar providências para que este projeto piloto de coleta seletiva seja levado a todos os bairros da cidade”.

Bruno Lorenzutti –“Parabenizo o PM Chico pela ideia de promover esta Tribuna Livre e agradeço a presença de Paula Mudar e de sua equipe, em nossa Casa, para falar sobre este tema. Apesar de iniciante na área política, já fui secretário de Transporte e Trânsito da PMVV e tive a oportunidade de trabalhar em interface com os projetos de Economia Solidária, no município, quando implantamos a Rodoviária de Vila Velha e abrimos espaço para essas atividades, sem a cobrança de aluguéis. Mas também quero chamar a atenção de todos para a necessidade de a PMVV expandir as ações de Economia Solidária para a região da Grande Ponta da Fruta. Lá, existem comunidades e famílias carentes que também precisam de incentivos do município para a geração de trabalho e renda”.


Arnaldinho Borgo – “Conheço Paula Murad desde a Administração passada e reconheço a importância do trabalho que ela e sua equipe realizam no município, em favor das famílias de baixa renda, por meio da Economia Solidária. Precisamos levar estes serviços para outras comunidades de Vila Velha. Esta é uma luta importante que pode contar com meu apoio e também com o apoio de todos os vereadores desta Casa. Mas quero falar sobre o Centro de Triagem, que foi estruturado no município após muitas cobranças do Ministério Público e que eu, como secretário de Assistência Social da PMVV, na gestão anterior, tive a chance de dar apoio e garantir suporte ao projeto e aos catadores que trabalham na reciclagem de lixo. No entanto, a prefeitura precisa criar oportunidades para ampliar o trabalho dos catadores, implantando a coleta seletiva de lixo em todas as regiões de Vila Velha e oferecendo novos espaços para abrigar esta atividade em diversos bairros da cidade. O que é lixo para muitos, é fonte de sustento para outros”.

Dona Arlete – “A Economia Solidária envolve um trabalho maravilhoso, que prioriza a oportunidade de gerar ocupação produtiva e renda para inúmeras famílias carentes da nossa cidade, que dependem exclusivamente dessas alternativas de subsistência. Graças ao empenho e esforço de Paula Murad, de seu Joãozinho e de outros apoiadores, muitos moradores de Vila Velha já podem levar para casa o pão de cada dia. Inclusive, já ganhei várias peças de artesanato e vários presentes, feitos por pessoas que conheci nos projetos de Economia Solidária e que até hoje continuam garantindo o sustento de suas famílias, por meio desta atividade, que conta com todo nosso apoio e reconhecimento”.       

 

Confira as declarações dos vereadores no vídeo abaixo:

 

 

Departamento de Comunicação
Câmara Municipal de Vila Velha 
Editor Chefe: Claudio Figueiredo
Jornalista: Kárita Iana
Imagens/vídeo: Eder Denadai
Fotos: Gilberto Ribeiro
Tel.: (27) 3349-3252
comunicacao@vilavelha.es.leg.br