Vila Velha terá Central de Interpretação Libras

Vila Velha terá uma Central de Interpretação de Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) para facilitar o acesso de pessoas com deficiência auditiva aos serviços públicos oferecidos pelo município. A iniciativa, que é uma novidade no Estado, foi sugerida pela vereadora Dona Arlete (PSL), vice-presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Acessibilidade da Câmara de Vila Velha, da qual também fazem parte o presidente Ricardo Chiabai (PPS) e os membros Bruno Lorenzutti (PODE), PM Chico Siqueira (PHS), Tia Nilma (PRP), Professor Heliosandro Mattos (PR) e Mirim Montebeller (PODE).


Segundo Dona Arlete, a Central irá disponibilizar servidores com habilidade em LIBRAS, para que possam se comunicar com pessoas surdas, conforme a necessidade da Administração. “A prestação dos serviços se dará por meio de atendimentos, tais como: marcação de consultas médicas; solicitação de emissão de documentos pessoais; cadastramento em programas sociais governamentais; e auxílio na consulta de benefícios ao trabalhador; entre outros.

A parlamentar informou, também, que os serviços sugeridos fazem parte de um “guia” editado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), que já implantou mais de 30 unidades da Central de Interpretação de Libras no Brasil, fortalecendo ainda mais as ações de inclusão social no país.


“Nossa cidade possui muitos cidadãos com deficiência auditiva que precisam enfrentar desafios diariamente. Por conta disso, é extremamente importante que esses moradores contem com o auxílio de um intérprete para que tenham acesso pleno à informação, o que irá trazer melhoras significativas em sua rotina”, justificou Dona Arlete.

Já para o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Acessibilidade, vereador Ricardo Chiabai - que é pai de uma criança com deficiência - a presença de profissionais com domínio em Linguagem de Libras é fundamental para o bom exercício do serviço público, em todas as instâncias. "Nós, que integramos esta Frente, estamos fazendo a nossa parte, mas é importante que os poderes Executivo e Judiciário também adotem medidas que possibilitem a inclusão da pessoa surda. E a criação desta Central de Interpretação de Libras cumprirá este objetivo", avaliou.

______________________________________

* Fotos de Thiago Guimarães
* Informações de Yasmin Vilhena
Assessoria/Gabinete/Vereadora Dona Arlete

______________________________________

Departamento de Comunicação
Câmara Municipal de Vila Velha 
Editor Chefe: 
Claudio Figueiredo
Jornalista: Kárita Iana
Imagens/vídeo: Eder Denadai
Fotos: Léo Victor
Tel.: 
(27) 3349-3252
comunicacao@vilavelha.es.leg.br