Anadelso propõe serviço móvel para coleta de sangue em Vila Velha

Câmara de Vila Velha acolheu em primeira discussão, na sessão desta segunda-feira (18/03), o Projeto de Lei nº 7656/18, de autoria do vereador Anadelso Pereira (DC), que institui o “Sistema Municipal de Coleta Móvel de Sangue”, por meio de parceria público-privada (PPP), visando aumentar o número de doadores de sangue na cidade. Com o acolhimento do plenário, a matéria agora segue tramitando regimentalmente nas comissões internas do Legislativo, devendo entrar em pauta novamente, em segunda discussão e votação final, nas próximas semanas.

De acordo com Anadelso, a iniciativa tem como objetivo aumentar os estoques de sangue dos hospitais do município, incentivando a população a doar, a partir da facilidade na realização dos exames necessários e da ampliação do cadastro de doadores de medula em Vila Velha. "Este projeto envolve o uso de veículos especialmente adaptados para essa finalidade, que podem ser adquiridos e equipados com recursos oriundos de convênios e parcerias com hospitais, organizações não governamentais e instituições públicas e privadas, para viabilizar o funcionamento do serviço", explicou.

E o vereador, que também é presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Vila Velha, acrescentou: “Doar sangue é um ato de solidariedade, uma atitude humanitária que deve partir de qualquer cidadão que tenha consciência da importância de ajudar o próximo, principalmente pacientes submetidos a transplantes de órgãos e a terapias para a cura do câncer, além de portadores de várias outras doenças que dependem de transfusão de sangue durante o tratamento. O sangue também é essencial para a sobrevida de recém-nascidos prematuros e de pessoas gravemente feridas em acidentes”, lembrou ele.

E Anadelso acrescentou: “É fato notório que as pessoas de um modo em geral querem ajudar, mas diante da dificuldade de locomoção, da falta de tempo e da falta de conhecimento, acabam deixando de procurar os bancos de sangue. Diante deste fato, nosso projeto busca fazer o inverso. Ao invés de irem a hemocentros e hospitais para fazerem a doação de sangue, os cidadãos serão atendidos em seus próprios bairros, pelo serviço de coleta móvel de sangue.  A coleta itinerante também poderá incentivar a realização de mutirões de doação, principalmente em pontos de maior concentração de pessoas, por meio de parceria com associações de moradores, organizações não-governamentais, sindicatos e unidades municipais de saúde”.

Acesse o link abaixo e conheça este projeto em detalhes:
https://sapl.vilavelha.es.leg.br/media/sapl/public/materialegislativa/2018/5613/prot._7656-18_-pl_-.pdf

Departamento de Comunicação
Câmara Municipal de Vila Velha 
Editor Chefe: Claudio Figueiredo
Imagens/vídeo: Eder Denadai
Fotos/Artes: Rayssa Rocha
Tel.: (27) 3349-3252
comunicacao@vilavelha.es.leg.br